fbpx

Mercado de games cresce 140% em meio a pandemia

| | ,

Se por um lado, a pandemia e o distanciamento social trouxeram consequências negativas a alguns setores da economia, por outro lado, outros setores se beneficiaram com esse momento. Um deles foi o mercado de games, que cresceu bastante em meio a pandemia.

Esse isolamento social trouxe às pessoas a necessidade de diversão dentro de casa. E esse é o objetivo da indústria de games, gerar entretenimento  para as pessoas dentro de casa. Já que os objetivos eram os mesmos, não poderia ocorrer outra coisa a não ser o crescimento desse mercado de games.

Aumento das vendas no mercado de games

Segundo um estudo feito pela Visa, principal bandeira de cartões de crédito, as transações feitas dentro dos consoles e plataformas de jogo cresceram 140% em 2020. Esses números são grandioso comparado com outros setores de indústria.

Dados desse estudo ainda apontam o aumento de 105% no número de cartões que efetuaram compras de jogos no período de outubro de 2019 até setembro de 2020.

Apesar dessa explosão, o ticket médio quer dizer (valor médio de vendas) permaneceu, mas  houveram períodos de muitos  picos, principalmente no início da pandemia.

Segundo a empresa, o faturamento entre os meses de maio e setembro de 2020 superou dezembro de 2019 que é um período que o faturamento cresce devido às festas natalinas.

As cidades que lideram essas transações em jogos são:

1° lugar – São Paulo;

2° lugar – Rio de Janeiro;

3° lugar – Brasília;

4° lugar – Curitiba;

5° lugar – Porto Alegre.

Os clientes com alta rendam foram os que mais fizeram transações, representando 45%, entre abril e setembro de 2020. Inclusive houve um pico de 35% em setembro de 2020.

Também no ano passado, os equipamentos, chamados de periféricos, como teclados, mousepad, mouse, headset gamer e outros, tiveram um aumento nas vendas de cerca de 50% no Brasil. Na América Latina esse percentual chega a 107%.

Aumento nas vendas de Jogos para celular

Os games para celular também tiveram mais espaço no ano passado.

Os jogadores concentravam-se mais em videogames e computadores, mas atualmente eles já passaram a utilizar o celular para também jogar.

Esse interesse aconteceu porque muitos jogos começaram a se popularizar nos aplicativos móbiles como é o caso do Free Fire. Segundo a desenvolvedora do jogo, Etermax, houve um crescimento de 120% em usuários ativos diariamente, em 2020. Um crescimento bem maior que a previsão.

O mercado de games cresceu o seu faturamento em 12% no ano de 2020, se comparado ao ano anterior.

O Mercado de games em crescimento

Especialistas acreditam que o Brasil ainda está longe do seu potencial máximo nesse mercado de games e precisa de aprimoramento. Mas está área é cada vez mais promissora para aquelas empresas que desejar fazer investimento nesse segmento. O mercado vem aumentando sua potencialidade e oferecendo mais serviços e produtos que são bem aceitos pelos consumidores.

Para se dar conta de quão grandioso este mercado está se tornando, basta analisar a informação de que grandes empresas de Tecnologia , como Amazon, Google e Apple injetaram bilhões nesse mercado de games, além de lançarem também novas plataformas. Isso tudo porque perceberam que os usuários estão mudando seus perfis de consumo e estão dividindo seu tempo também com os jogos de celular, devido a praticidade e o custo – benefício oferecido por eles.

Conclusão:

Enquanto muitos produtos amargam nas pratileiras, os jogos celebram momentos de crescimento sem controle. Diante desse cenário, dar para concluir que as pessoas estão procurando maneiras de se divertir para diminuir o tédio e até evitar o stress no momento que estamos vivendo.

Quer saber mais sobre a indústria de games? Acesse o Blog de Games The Falkor!

Anterior

22 ferramentas do Clubhouse para profissionais de marketing

Golpes no WhatsApp: veja dicas de como se proteger

Próximo

Deixe um comentário